30.4.14

Fundação Bial - Bolsas de Investigação Científica 2014/2015



A Fundação Bial está a levar a cabo a 11ª edição do programa de Bolsas de Investigação Científica, disponibilizando-se a apoiar projetos de investigação científica nas áreas da Psicofisiologia e da Parapsicologia. Não serão admitidas candidaturas respeitantes a Projetos de Modelos Clínicos ou Experimentais de Patologias Humanas e Terapêutica.

As candidaturas, elaboradas em língua inglesa e de acordo com a regulamentação aplicável, devem ser submetidas, até 31 de agosto de 2014, através da Plataforma de Gestão de Bolsas da Fundação Bial (BF-GMS) disponível aqui.
Restaurante Vila Joya sobre para 22.º nos melhores restaurantes do Mundo


Leia o artigo completo aqui.
Surf está a explodir em Portugal e já vale 400 milhões na nossa economia


Leia o artigo completo aqui.

29.4.14

Lusodescendente cria plataforma artística entre Toronto, Nova Iorque e Lisboa

 

Ler notícia completa aqui.

Portugal foi eleito pelo segundo ano consecutivo como o melhor país do mundo para visitar, pela revista Conde Nast Traveler, uma das mais conceituadas publicações turísticas do mundo, foi hoje anunciado em Madrid.


Veja o vídeo  aqui.

27.4.14

Encontro na residência da Embaixada de Portugal, na passada 5ª feira, de Médicos portugueses de Otava

24.4.14

Nomeação do Dr. Carlos Leitão para Ministro das Finanças do Québec


O lusodescendente Carlos Leitão foi nomeado Ministro das Finanças da província canadiana do Quebeque, numa cerimónia que decorreu em Quebec City, esta quarta-feira.

23.4.14

Portugal cresce 6 por cento e ultrapassa Brasil na lista das Ligas mais ricas do Mundo

 
Um estudo realizado pela consultora brasileira Pluri avalia a Liga portuguesa em 841 milhões de euros, sendo a oitava mais valiosa do Mundo.

Com um crescimento de seis por cento em relação a 2013 – valia 791 milhões de euros –, o campeonato português ascende ao oitavo lugar do ranking dos campeonatos mais valiosos, deixando para trás o Brasileirão, desvalorizado em 28 por cento devido às saídas de jogadores como Neymar (Barcelona), Bernard (Shakhtar Donetsk) e Paulinho (Tottenham) para a Europa.

A Premier League inglesa, avaliada em 3,6 mil milhões de euros, mantém a liderança, à frente das Ligas espanhola (2,59 mil milhões de euros) e alemã (2,381 mil milhões de euros), que cresceu 29 por cento e relegou a italiana (2,177 mil milhões de euros) para o quarto lugar.

À frente de Portugal aparecem ainda os campeonatos de França (1,709 mil milhões de euros), Rússia (1,282 mil milhões de euros) e Turquia (1,096 mil milhões de euros).

Jornal A Bola

COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA 
Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP.
 
 

 

As Missões Diplomáticas dos Países de Língua Portuguesa em Ottawa (Angola, Brasil, Moçambique e Portugal), em colaboração com o Instituto Canadiano do Filme e o Programa de Português da Universidade de Ottawa, têm o prazer de anunciar  e de convidá-lo/la  para o III Festival do Filme de Língua   Portuguesa  C O R-A Ç Ã O, que decorrerá dias 5, 8 e 13 de maio, no Auditório, Biblioteca e Arquivos do Canadá, 395 Wellington Street, Ottawa.

Programa completo aqui.

O 25 de Abril e a Diplomacia



No plano internacional, o poder político saído do movimento militar do 25 de Abril de 1974 foi rapidamente reconhecido pelos principais aliados e países amigos de Portugal, assim como por outras potências com as quais o país não mantinha relações diplomáticas.

Leia o artigo de Pedro Aires Oliveira, Presidente do Conselho Directivo da AAAHD, aqui.
Turismo de Portugal e ViniPortugal unem esforços na promoção do país


O Turismo de Portugal e a ViniPortugal estabeleceram hoje uma parceria com o objectivo de potenciar a promoção e a comercialização internacional do país enquanto destino turístico e produtor de vinhos.

Leia a notícia completa aqui.

Conferência “INTERNACIONALIZAÇÃO DAS ECONOMIAS”



Decorre nos dias 3 e 4 de junho de 2014, no Centro de Congressos de Lisboa, à Junqueira, a Conferência “INTERNACIONALIZAÇÃO DAS ECONOMIAS”. Um espaço de debate e encontro entre empresas e organizações do Espaço Lusófono que visa o reforço das relações económicas entre os paises da lusofonia.

Notícia completa e programa disponíveis aqui.

“Cascais é o melhor sítio da Europa para velejar”



Opinião de Iain Percy, ‘skipper’ do Artemis, na apresentação da etapa portuguesa de RC44.

Bicampeão olímpico, o inglês Iain Percy estreou-se no ano passado no circuito de RC44, cuja etapa portuguesa decorre este fim-de-semana. "Cascais é o melhor sítio da Europa para velejar", defendeu, na apresentação da prova. "A consistência do vento, todos os dias, é a principal condição para isso, mas a beleza do cenário, ter aqui muitos amigos e velejadores naturais, que entendem este desporto como parte de um povo com experiência de centenas de anos no mar", justificou.

Ler notícia completa do Económico aqui.

22.4.14

WORKING TOGETHER FOR THE PROMOTION OF EUROPEAN ARTS & CULTURE
CULTURAL DIPLOMACY SEMINAR


An EU-Canada Perspective: Writing to Be Read: the Impact of New Technologies and Globalization

Wednesday, April 30, 2014, starts at 3:00 pm
Senate Room (Room 608) 6th Floor
Robertson Hall, Carleton University
1125 Colonel By Drive, Ottawa, ON, K1S 5B6

Join us for this unique and exciting afternoon of
debate, reflection and networking!

Informação completa aqui.

ABC Mercado EUA Costa Leste e CANADÁ. INSCREVA-SE!



A AICEP realiza nos dias 6 e 7 de maio, respectivamente em Lisboa e no Porto, a ação ABC Mercado EUA Costa Leste e CANADÁ. Em Lisboa, o evento terá lugar no auditório da AICEP (Av. 5 de Outubro nº 101) e no Porto, decorrerá no auditório da DRE-Norte (Rua Direita do Viso, n.º 120). Inscreva-se até 5 de maio!

Informação completa aqui.

16.4.14

BCE autoriza Portugal a cunhar moeda para celebrar o 25 de abril


Em 2014, por ocasião do 40º aniversário do 25 de abril, Portugal vai poder cunhar, mediante a autorização do Banco Central Europeu, 520 mil moedas de dois euros em homenagem ao dia da revolução, fez saber hoje o Governo no Diário da República. O Ano Internacional da Agricultura Familiar também será contemplado com a cunhagem de igual montante de moedas feitas em Portugal pela Casa da Moeda.

Leio o artigo completo aqui.
Ponta Da Piedade Could Very Well Be The Most Beautiful Beach On Earth


Yes, we have stumbled upon some incredibly gorgeous beaches in recent weeks. And yes, we stumble upon beaches a lot.

But we couldn't resist running off to Ponta da Piedade, the beach in Portugal where rock cliffs are so high (60 feet!), they almost touch the blue, blue sky. Fisherman have given silly names to each formation, and there are oodles of caves, grottoes and arches to duck into as you navigate the crystal-clear water by boat.

Leia o artigo completo aqui.

Industrial de Vizela confeciona cachecóis para o Mundial



Os cachecóis oficiais do Mundial de Futebol do Brasil estão a ser fabricados numa têxtil de Vizela. Produção de 500 mil, representando as 32 equipas, começou em janeiro e só para na final.

Leia a notícia completa aqui.

Betweien lança e-book infantil sobre empreendedorismo



Depois do sucesso alcançado com os livros “O Senhor Empreendedorismo” e “Um Projeto e Meio Limão” no formato tradicional, a Betweien decidiu dar mais um passo na inovação e criou uma versão digital dos mesmos.

A empresa verificou uma lacuna no que toca aos livros digitais que se encontram no mercado. São escassos estes recursos, comummente conhecidos como e-books, que se dediquem às crianças do 1º e 2º ciclo, que pretendam compreender um pouco melhor os conceitos associados à temática do empreendedorismo. 

Artigo completo disponível aqui.

Pharrell Williams - Happy we are from Porto



Veja o vídeo aqui.

Pharrell Williams - Happy we are from Lisbon




Veja o vídeo aqui.
Empresária luso-canadiana diz que tem orgulho em "vender Portugal”


Uma empresária luso-canadiana do ramo da restauração em Montreal, no Canadá, diz ter um “enorme prazer” por todos os dias em "vender Portugal" nos seus estabelecimentos.

Helena Loureiro, de 47 anos, natural da Serra de Santo António (Alcanena, distrito de Santarém), tem o restaurante "Portus Calle" há 11 anos, e mais recentemente, há ano e meio, abriu o "Helena", decorado com materiais feitos em Portugal, e com produtos portugueses.

Leia o artigo completo aqui.

15.4.14

Edição de hoje do The Globe and Mail recomenda os Pastéis de Nata de Lisboa, na sua rúbrica: Best Bites - Where to eat in Europe now


Página VE2, da secção SPECIAL INFORMATION FEATURE, sob o título What's new? Europe's greatest hits for summer travel:

"Pastel de Nata, Lisbon Portugal:
These Portuguese egg tart pastries originated some time before the 18th century from Catholic monks in Lisbon.
Check out the famous Pastéis de Belém pastry shop in Lisbon for a warm nata, lightly dusted with cinnamon or white sugar".

WTR distingue JPC com Ouro



A J. Pereira da Cruz, SA, líder do mercado de Marcas e Patentes, acaba de ser distinguida com ouro pela World Trademark Review 1000, publicação especializada em Propriedade Intelectual, no seu ranking 2014.

Esta publicação distingue também, a nível individual, os sócios João Pereira da Cruz e Nuno Cruz.

Leia a notícia completa, aqui.

REVISILENT – Pavimento com isolamento acústico – recebe PRÉMIO INOVAÇÃO



O pavimento Revisilent da Revigrés foi distinguido com o Prémio Inovação na Construção, na categoria Materiais e Produtos.

O pavimento Revisilent é um pavimento inovador, desenvolvido em parceria, pela Revigrés e pela Amorim Cork Composites.

REVISILENT é um pavimento em grés porcelânico de elevada resistência, com cortiça no tardoz - subpavimento Layer T61 - indicado para áreas interiores, públicas ou residenciais, com boas performances de isolamento acústico e térmico. É uma solução que assegura, para a maioria das lajes em obra, o cumprimento da legislação de ruído de impacto, reduzindo a transmissão sonora em 13 dB.

Leia o artigo completo aqui.
Last April 10th SISCOG was recognized as having an extraordinary work environment by the Great Place to Work® Institute.


Unlike previous years, which included an IT category, this year the companies were awarded in relation seldom to their size.

In this context SISCOG was ranked in the 6th position of the broad SME category list, which included companies from all sectors.

Great Place To Work awards are presented considering a workplace culture assessment which analyses organizations’ cultures,taking into account employees’ experiences and the benefits provided.

Great Place to Work® Institute is a global research, consulting and training firm that helps organizations identify, create and sustain great workplaces through the development of high-trust workplace cultures, serving businesses, non-profits and government agencies in 45 countries on all six continents. For more information please visit www.greatplacetowork.pt

AICEP

GAID/Encontro empresarial da Diáspora dos Açores, 8 e 9 maio, Açores (Ponta Delgada e Angra do Heroismo).



Terá lugar em S. Miguel e na Terceira, nos próximos dia 8 e 9 maio o I Encontro Empresarial da Diáspora dos Açores, organizado em parceria entre o Ministério dos Negócios Estrangeiros e o Governo Regional dos Açores.

O programa do Encontro poderá ser consultado aqui.

Espetáculo multimédia VideoMapping "A Primavera é Linda" , Lisboa, Terreiro do Paço, de 14 a 23 abril.



Depois do sucesso dos espetáculos multimédia “Arco de Luz” e “Circo de Luz”, que contou com a presença de milhares de pessoas no Terreiro do Paço em Lisboa, é agora a vez de “A Primavera é Linda!”, criado sob a temática desta estação do ano e da Páscoa.

O espetáculo é organizado pela Associação de Turismo de Lisboa e pela EGEAC e da autoria de Nuno Maya e Carole Purnelle do Atelier OCUBO.

A partir desta segunda-feira à noite e até dia 23 de abril, vai ser projetado na fachada poente do Terreiro do Paço um filme em 3D que conta com a participação de 40 crianças de várias escolas da capital. No dia 24 de abril, a sessão vai ter o tema da “Revolução dos Cravos”.

A esta projeção videomapping 3D junta-se também uma forte dimensão interativa: o público será convidado a participar na projeção em tempo real.

Os espetáculos acontecem a partir das 21horas até às 23 horas e a entrada é livre.

14.4.14

Mais antiga associação portuguesa no Canadá apoia vítimas de cancro.


A Associação Portuguesa do Canadá, com sede em Montreal, tem um departamento que disponibiliza apoio psicológico e financeiro a pessoas vítimas de cancro, disse hoje à agência Lusa uma fonte da coletividade.


Leia o artigo completo aqui.

Lusodescendente constrói Centro de Arte em homenagem ao Infante D. Henrique



Herman Alves, empresário lusodescendente, está a construir em Montreal, no Canadá, um Centro de Arte e de Conferências, em homenagem ao Infante D. Henrique, o herói português que mais o marcou.

Leia a notícia completa, aqui.

ROSÉS DE 2013 da JOSÉ MARIA DA FONSECA já no mercado nacional e internacional.



A José Maria da Fonseca acaba de lançar a colheita de 2013 dos seus dois vinhos rosés da Península de Setúbal o Periquita Rosé, e o Colecção Privada Domingos Soares Franco Moscatel Roxo Rosé.

Leia o artigo completo aqui.

11.4.14

Portugal Fashion: Unravelling Innovation in Fashion and Design



In spite of having established a solid reputation in the manufacture of clothing and footwear dating as far as back as the late 19th Century, Portugal has not always been a country associated with sartorial creativity. However, that perception has been slowly changing owing to Portugal Fashion, a platform created by ANJE (the Portuguese national association of young entrepreneurs) to promote Portuguese fashion to national and international buyers and journalists.

Leia o artigo completo aqui.

Azeite português premiado no Canadá



O azeite Oliveira da Serra Vintage é o melhor azeite da Europa. Assim decidiu o júri do concurso Sial, que decorreu este mês, em Montreal, Canadá, e que contou com a participação de mais de 110 azeites de todo o mundo.

O Oliveira da Serra Vintage conquistou o Prémio Coup de Couer, ou seja o melhor azeite Europeu em prova, uma nova categoria neste prestigiado concurso que visa reconhecer os melhores azeites a nível internacional.

Na prova, participaram mais de 110 azeites de 14 países e apenas 17 foram premiados, entre eles o azeite Oliveira da Serra Vintage, um azeite virgem extra extraído a frio.

O júri desta edição contou com cinco especialistas internacionais e os azeites vencedores foram depois apresentados ao público em sessões de degustação.

10.4.14

Portugal sobe ao terceiro lugar e iguala a melhor classificação de sempre



Portugal passou a ser a terceira melhor Seleção do Mundo, isto após ter subido um lugar, que era ocupado pela Argentina, no «ranking» da FIFA, que continua a ser liderado pela Espanha.

A Seleção Nacional já tinha ocupado este lugar entre abril e maio de 2010 e em outubro de 2012.

De salientar ainda que a Grécia, comandada por Fernando Santos, passou do 13.º lugar para o 10.º posto.

Resultados:
1. (1) Espanha, 1.460 pontos.
2. (2) Alemanha, 1.330.
3. (4) Portugal, 1.245.
4. (5) Colômbia, 1.186.
5. (6) Uruguai, 1.181.
6. (3) Argentina, 1.174.
. (9) Brasil, 1.174.
8. (7) Suíça, 1.161.
9. (8) Itália, 1.115.
10. (13) Grécia, 1.082.
...
37. (42) Irão, 715.
...
42. (33) Cabo Verde, 665.
94. (96) Angola, 347.
114. (115) Moçambique, 252.
166. (165) São Tomé e Príncipe, 86.
184. (183) Guiné-Bissau, 43.
191. (191) Timor-Leste, 26.

O Castelo de Guimarães foi escolhido, pela prestigiada Tourism Review, como um dos 10 Castelos Europeus de visita obrigatória.



Veja a lista completa, aqui.

CAAR ganha uma medalha de ouro e 11 de prata



Uma medalha de Ouro e onze medalhas de Prata fez com que a Casa Agrícola Alexandre Relvas (CAAR) fosse a terceira empresa produtora de vinho mais medalhada no concurso internacional “Wine Masters Challenge – XVI World Wine Contest 2014”.

O concurso, que decorreu no Estoril entre 27 e 30 de Março, contou com o registo de 5109 vinhos, dos quais 2309 foram aprovados para a final, de onde saíram 151 medalhados (18 de Ouro e 133 de Prata). Uma avaliação levada a cabo por um júri especializado e oriundo de 42 países.

Na edição de 2014 do “Wine Masters Challenge, o vinho da CAAR Monte dos Amigos Tinto, lançado em 2013 em conjunto com o Continente, brilhou em grande nível, obtendo uma Medalha de Ouro.

Neste prestigiado concurso, a CAAR arrecadou ainda 11 Medalhas de Prata, através dos seguintes vinhos: Monte Baixo Branco 2013, Segredos de São Miguel Tinto 2013, Monte Baixo Tinto 2013, Montinho São Miguel Reserva Tinto 2012, Segredos São Miguel Reserva Tinto 2012, Vinhas do Ocidente Reserva Tinto 2012, Monte Baixo Reserva Tinto 2012, Herdade São Miguel Escolhas dos Enólogos Tinto 2011, Passi São Miguel Colheita Tardia Tinto 2011, Herdade da Pimenta Grande Escolha Tinto 2011 e Monte Baixo Grande Reserva Tinto 2010.

Nos últimos anos, os vinhos da CAAR têm alcançado prémios em países tão distantes e diferentes como EUA, China e Alemanha, entre outros da Europa. Galardões diversos que se traduzem no reconhecimento do mercado internacional e nacional e que tanto orgulham a CAAR.

O mais recente galardão, conhecido no final de Março, veio do Grupo Metro, o terceiro maior grupo mundial em distribuição, representado em Portugal pelas lojas Makro, que elegeu dois vinhos (Insólito Tinto 2012 e Branco 2013) produzidos pela CAAR como “Vinhos do Ano”.

Localizada no Redondo, a CAAR foi fundada em 1997 por Alexandre Relvas e dedica-se à produção e comercialização de vinho regional alentejano.

Em 2014, a CAAR espera alcançar a produção de 3 milhões de garrafas, estimando que as suas vendas cresçam cerca de 20 por cento. Mas a prioridade estratégica da empresa continua a ser o mercado externo, que equivale 65 por cento do seu volume de negócios.

No mercado internacional, a aposta da CAAR passa por consolidar a presença nos mercados onde já está presente (EUA, Brasil, Bélgica, Áustria, Alemanha, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Angola, China, França e Timor), alargando a distribuição aos Estados Unidos da América e a Inglaterra, e chegar a novos mercados africanos e asiáticos.

AICEP

Smart. O copo que vai mudar o mundo dos vinhos.



O conceito é simples: um consumidor de vinho vai a uma feira. Paga a entrada - que normalmente inclui um copo de vidro para fazer as provas - e prova os vinhos que queira. Conhece produtores, tenta memorizar marcas e recolhe cartões de visita. Depois, já em casa, chega o dia em que quer comprar aquele vinho de que gostou para acompanhar o jantar mas… não se lembra do nome, da marca ou do produtor. 

Para evitar que a história se repita - e que o trabalho árduo de provar vinhos em feiras e encontros seja todo deitado por água abaixo - a equipa do Adegga, uma rede social que reúne referências, marcas e avaliações de vinhos, acaba de apresentar o Smart Wine Glass, um copo de vinho com memória.

“A ideia de associar a um copo de vinho uma memória portátil que é automaticamente transportada para uma memória digital surgiu de uma necessidade. Foi, no fundo, uma tentativa de encontrar solução para um problema nosso”, explica André Ribeirinho, cofundador da Adegga, uma rede social de consumidores de vinhos que já deu origem a um mercado português de vinhos - entretanto exportado para Bruxelas, Copenhaga e Munique.

A equipa do Adegga começou a pensar numa alternativa aos tradicionais blocos de apontamentos no início de 2013, mas recusava avançar sem primeiro testar a ideia num evento próprio. No último Adegga Wine Market, os copos - que incluem um chip que, em conjunto com um aparelho que cada produtor tem na sua mesa de provas, memoriza a informação e envia contactos, informação de produtores e marcas em prova aos clientes - foram testados. A experiência correu tão bem que André Ribeirinho e os seus dois sócios, Daniel Matos e André Cid, levaram o extraordinário recipiente a concurso. A vitória do copo português nos Wine Business Innovation Summit, em Munique, surpreendeu até os próprios criadores - que estavam a concorrer com 24 'startups' e oito produtos inovadores finalistas. E serviu para acelerar o trabalho para o lançamento do novo produto.

O copo desenvolvido tem um chip que reúne todas as características relevantes dos vinhos provados pelo seu dono em feiras e provas de vinhos. “Depois, por estar associado ao e-mail, é capaz de enviar informações sobre os vinhos provados para o e-mail correspondente de maneira a que, quando chegue a casa, o cliente tenha o relatório completo sobre produtores, vinhos, rótulos e outras marcas do mesmo produtor.”

Além de ajudar os visitantes a encontrarem toda a informação disponível sem esforço, esta ideia “permite aos produtores comunicarem outras marcas da sua produção e acrescentarem detalhes e novidades àquilo que já passaram aos clientes na feira ou no mercado de vinhos”, esclarece André Ribeirinho.

Para desenvolver o copo inteligente, o Adegga juntou-se à empresa Mobility Now. “À medida que íamos desenvolvendo o produto, íamos percebendo o que funcionava e o que não funcionava, adaptando até chegarmos ao produto final.”

Entretanto, em março, surgiu a oportunidade de testar o Smart Wine Glass pela primeira vez fora de Portugal: o Rio Vinhos Portugal, no Rio de Janeiro - o primeiro encontro de vinhos organizado numa parceria entre os jornais brasileiro e português O Globo e Público, vai acontecer entre 23 e 25 de maio. “Na prática, este é o nosso primeiro cliente internacional e estamos à espera de receber perto de mil pessoas no encontro”, esclarece ainda André Ribeirinho.

No futuro, o negócio consiste no aluguer da tecnologia que permite aos copos enviar todo o tipo de informações para produtores, clientes e afins. O preço do uso da tecnologia desenvolvida pela equipa portuguesa varia consoante o número de visitantes e produtores de cada evento e a implementação da estrutura custa cerca de 3 mil euros.

AICEP

9.4.14

Encontro havido hoje no Parlamento canadiano do Embaixador José Moreira da Cunha com a Deputada Federal Stella Ambler eleita pelo círculo Mississauga South


Opensoft renova estatuto PME Líder



A empresa portuguesa é novamente reconhecida pelo seu perfil de desempenho superior.

A  Opensoft,  empresa portuguesa  especializada  no   desenvolvimento    de  soluções    tecnológicas suportadas  pela consultoria e  gestão de projectos,  acaba de passar  mais uma  vez com  distinção os rigorosos   critérios  de  gestão  empresarial  do IAPMEI  (Instituto de  Apoio às Pequenas  e  Médias Empresas e ao  Investimento),  sendo reconhecida  com  o Estatuto de  PME Líder, relativo ao ano de 2013.

O Estatuto resulta de uma parceria entre o IAPMEI e os principais bancos a operar em Portugal e visa distinguir todos os anos as PME  com melhores  indicadores  económico-financeiros,  que  prossigam estratégias de crescimento e liderança competitiva.

O estatuto atribuído no âmbito  do programa  FINCRESCE,  reconhece novamente  a Opensoft  pelas suas qualidades de desempenho posicionando-se como  motor da economia   nacional. Esta atribuição junta-se assim às duas já alcançadas em anos anteriores, desde 2010.

Posicionamento num perfil superior do rating, situação regularizada perante a Administração Fiscal, a Segurança  Social e  o IAPMEI e  estratégias   de crescimento e de  reforço  da  base  competitiva  são alguns dos requisitos necessários para a atribuição do Estatuto PME Líder.

“É com grande  orgulho  que  vemos  renovado  o Estatuto de PME Líder da Opensoft. Esta distinção vem  assim  reconhecer  os    nossos   esforços   e   dar-nos   alento para   continuarmos a desenvolver estratégias de crescimento sustentado”, José Vilarinho, CEO da Opensoft.

A Opensoft é uma empresa portuguesa   especializada no  desenvolvimento de soluções tecnológicas, suportadas pela consultoria e gestão de projectos. Posiciona-se como um fornecedor de excelência de soluções tecnológicas, centrando a sua atuação na   capacidade de aferir corretamente os desafios dos seus clientes,   colocando no   terreno as competências   requeridas para concretizar as oportunidades.

Detém uma vasta experiência  no desenvolvimento   de soluções   em ambiente web, que envolvem a transferência,  tratamento e  validação  de grandes  volumes  de   dados  em   ambientes com elevado número de utilizadores em simultâneo e em que as regras de negócio a tratar são complexas. Ao nível nacional,  conta   com   clientes   de  referência   como a AT   –  Autoridade  Tributária   e   Aduaneira (Ministério das Finanças),  IHRU – Instituto da Habitação  e   Reabilitação  Urbana,  Caixa  Geral  de Depósitos, SIBS – Forward Payment Solutions e Universidade Aberta.

Ao longo dos anos,  tem também  aplicado  a sua  experiência  no  desenvolvimento  de  produtos de software,    que    a    própria    Opensoft    comercializa,    assegurando   igualmente   o    necessário acompanhamento pós-venda. Atualmente dispõe de um software para Gestão de Cartórios Notariais (SIMN), de   um portal para   gestão de inscrições   e pagamentos   em eventos (Wevent) e   de  uma ferramenta que visa fomentar a colaboração entre indivíduos, de uma mesma organização (Spreadd).

Fundada em 2001, é uma empresa em contínua evolução e crescimento  e conta atualmente com uma equipa experiente e altamente qualificada com formação superior em engenharia informática. Aposta constantemente na formação e actualização de competências   dos seus recursos, por ações contínuas de formação, como forma de inovação e atualização tecnológica.

Portal da Opensoft:
http://www.opensoft.pt/

AICEP

ANA vai investir quase 100 milhões nos aeroportos até 2017



O Plano Estratégico da ANA até 2017 prevê um investimento de 99,3 milhões nos aeroportos nacionais. A Portela receberá a maior fatia, na ordem dos 40 milhões de euros.

A ANA prevê um investimento de 99,3 milhões de euros nos aeroportos que gere, valor que será aplicado para "manter a operacionalidade dos equipamentos e infra-estruturas aeroporturárias dentro de parâmetros de qualidade compatíveis com as obrigações de nível de serviço inerentes ao contrato de concessão", segundo o Plano Estratégico da ANA, disponibilizado juntamente com o PETI.

A maior fatia caberá ao aeroporto de Lisboa, que vai receber 40 milhões de euros. Em reparação de uma das pistas, construção civil e sinalização luminosa serão gastos 17,6 milhões de euros. A ANA vai gastar 4,6 milhões na reparação de pavimento e 2 milhões no terminal 1. As coberturas, fachadas e acessibilidades vão receber 1,9 milhões de euros.

O Porto receberá 14 milhões de euros, sobretudo no reforço estrutural de um túnel sob uma pista (4,2 milhões de euros) e reparação de pavimento (4,4 milhões de euros).

Faro terá direito a 16 milhões de euros, aplicados sobretudo na remodelação da plataforma antiga, onde serão investidos 6,5 milhões de euros.

O aeroporto da Madeira terá direito a 10 milhões de euros e Porto Santo a 6,9 milhões de euros.

Nos Açores, Santa Maria receberá 4,8 milhões, Ponta Delgada receberá 3,8 milhões, as Flores 2,1 milhões e a Horta terá direito a 1,4 milhões.

Portal da ANA:
http://www.ana.pt/pt-PT/Paginas/Homepage.aspx

Económico

Conheça o português eleito como o melhor bloguer europeu de turismo gastronómico



O português Nelson Carvalheiro venceu recentemente o European Travel Blogger Award com um blogue dedicado às viagens e à gastronomia e as consequências já se notam: mais convites para se deslocar e contar o que vê e come.

A distinção a nível europeu do blogue (www.nelsoncarvalheiro.com/blog) surgiu depois de duas fases, a primeira das quais com 250 'bloggers' inscritos. A seleção foi feita depois pelo júri da Feira Internacional de Turismo de Espanha (Fitur) e os escolhidos colocados em votação pública.

O prémio foi entregue no final de fevereiro, em Madrid, a este português que fez carreira na hotelaria, nomeadamente como diretor do Palácio Belmonte, em Lisboa, e do Sintra Boutique Hotel, como relatou à agência Lusa.

Foram os elogios dos turistas a quem mostrava o país que serviram de mote para "criar uma plataforma de histórias e fotografias de viagem".

O trabalho no blogue é "meramente facilitar a inspiração e o desejo do meu público em viajar e repetir as experiências que eu vivi e que recomendo", resumiu Nelson Carvalheiro à Lusa.

"Após o prémio, o número de convites para viajar não pára de chegar, sendo que tenho viagens planeadas para Dublin, Ibiza, Açores, Copenhaga e Tavira", garantiu o português, que quer muito ir às ilhas Quirimbas, no Norte de Moçambique, por ser um "lugar extremamente fascinante e pouco conhecido".

As experiências são relatadas a partir de Berlim, onde mora, e na sua memória tem, mais recentemente, a deslocação de seis semanas à Índia.

"Posso dizer que Varanasi ocupa o 1.º lugar das experiências de viagem mais intensas que já vivi", contou o viajante, referindo o "verdadeiro choque psicológico, mental e sensorial para quem viaja do Ocidente".

Uma viagem aérea com turbulência é o que mais assusta o blogger, que recorda uma chegada a Lisboa, proveniente de Los Angeles, com uma aterragem marcada para o pior momento de uma tempestade.

Na primeira tentativa de aterragem, recordou, ouviam-se "gritos e rezas de aflição dos passageiros" e na segunda aproximação a terra as hospedeiras também já rezavam.

"Com os motores em máxima rotação, voámos para Madrid, onde aterrámos sem problemas. Desde este momento que tenho medo de voar de avião", confessou, numa resposta escrita enviada à agência Lusa.

As vivências começaram a ser escritas em março de 2013 e apenas em setembro é que o blogue passou a ser um projeto a tempo inteiro.

Por isso, conseguir o prémio "contra outros 'bloguers' com muito mais reputação e notoriedade faz com que o prémio saiba ainda melhor", rematou o português, garantindo que o seu objetivo "sempre foi escrever e fotografar por prazer e nunca por obrigatoriedade".

O bloguer admitiu que o prémio serve como "trampolim para um alcance muito maior do blogue e que o nível de exigência é muito maior do que era antes".

"Acima de tudo, vejo tudo isto como uma certeza de que aquilo que faço é bem feito e que há pessoas que partilham a minha visão de como viajar hoje em dia", resumiu.

O viajante não deixou de notar que "há demasiado mundo para tão pouco tempo de vida".

"É algo que me assombra, pois sei que nunca serei capaz de conhecer tudo o que a Terra e a civilização humana têm para conhecer no meu tempo de vida", referiu.

Por entre tantas viagens, Nelson não esqueceu de que é português.

Descobrir novos mundos está-lhe no sangue: "Nota-se na maneira como procuro uma ligação direta à cultura, às gentes, à comida, ao sentido de estar e a tudo o que tem uma identidade distinta".

Nelson Carvalheiro foi diretor do Palácio Belmonte e do Sintra Boutique Hotel

Página Facebook do Nelson Carvalheiro:
https://www.facebook.com/NelsonCarvalheiroTravelFood

Blog do Nelson Carvalheiro:
http://www.nelsoncarvalheiro.com/blog/

Exibição do filme “Amália”



O filme “Amália”, do realizador Carlos Coelho da Silva, será exibido no próximo dia 5 de maio (2ª feira), às 19 horas, no Auditório da Biblioteca e Arquivos do Canadá, 395 Wellington Street Ottawa.

Este filme sobre a vida da fadista Amália Rodrigues insere-se no III Festival de Cinema de Língua Portuguesa COR-AÇÃO que se realiza em Ottawa, nos dias 5, 8 e 13 de maio próximo.

8.4.14

COMUNIDADE DOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA 
Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP.


As Missões Diplomáticas dos Países de Língua Portuguesa em Otava (Angola, Brasil, Moçambique, Portugal e Timor-Leste), em colaboração com o Instituto Canadiano do Filme e a Seção/Secção de Português da Universidade de Otava, têm o prazer de anunciar e de convidá-lo/la para o III Festival de Cinema de Língua Portuguesa C O R-A Ç Ã O, dias 5, 8 e 13 de maio, no Auditório, Biblioteca e Arquivos do Canadá, 395 Wellington Street, Otava.

Programa
2ª feira, 5 de maio, às 19 horas:
- Abertura do III FCLP e entrega dos prémios de excelência em Língua Portuguesa e Culturas da CPLP.
- Exibição da longa metragem AMÁLIA, realizado por Carlos Coelho da Silva, em 2008.

O filme é uma biografia da fadista Amália Rodrigues. Esta obra cinematográfica retrata um período longo da vida da maior fadista de todos os tempos e figura incontornável da história do século XX português.

Veja o programa completo aqui.

Trailer do filme "Amália" aqui.

VINALIES INTERNATIONALES - ‘VINHOS DO TEJO’ registam melhor resultado de sempre em Paris



A Região Tejo foi a segunda região portuguesa com maior número de medalhas de ouro.

Os vinhos da região do Tejo registaram o melhor resultado de sempre em Paris, ao verem 13 dos seus néctares premiados no concurso francês ‘Vinalies Internationales’, um dos mais prestigiados a nível mundial, que decorreu em entre 1 a 5 de março.

Das 13 medalhas ganhas pelos vinhos certificados pela Comissão Vitivinícola da Região do Tejo (CVR Tejo), 4 foram de ouro e 9 de prata, num total de 7 produtores medalhados com 10 vinhos tintos e 3 brancos.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados que obtivemos, primeiro por serem os melhores de sempre conquistados pelos vinhos da região e depois porque este é um concurso mundialmente conhecido”, explica José Pinto Gaspar, presidente da CVR Tejo.

A Região Vitivinícola do Tejo foi a segunda com mais medalhas de ouro de todas as regiões portuguesas.

As 4 medalhas de ouro ganhas dizem todas respeito a vinhos tintos dos produtores Adega Cooperativa do Cartaxo, Quinta da Badula, Centro Agrícola de Tramagal e Casal do Conde.

Direito a medalhas de prata tiveram os produtores Adega Cooperativa do Cartaxo, Quinta da Badula, Companhia das Lezírias, Quinta da Alorna, 4 medalhas, Casal do Conde e Agrovia, Sociedade Agro-Pecuária, 2 medalhas.

Ao todo, foram 79 os vinhos portugueses distinguidos neste concurso, com 23 medalhas de ouro e 56 de prata.
ENOPORT UNITED WINES Premiada na 14ª Edição do "MUNDUS VINI"


No 14º Concurso Mundus Vini, realizado na Alemanha, o Grupo Enoport United Wines conquistou 17 medalhas, sendo 10 de ouro e sete de prata.

Dos vinhos premiados com ouro, seis são da região do Tejo: Cabeça de Toiro DOC Tinto Reserva 2011,Casaleiro Regional Reserva Tinto 2013, Enigma DOC Tinto Reserva 2011, Enigma Regional Syrah 2013, Monte Largo Regional Syrah / Castelão 2013, Monte Largo Regional Arinto / Chardonnay; três da região do Dão: Solo DOC 2012, Moura Basto DOC Juta 2006 e Caves Monteiro DOC Juta 2006 e um da região de Lisboa: Quinta do Boição Regional Reserva Tinto 2010.

As sete medalhas de prata foram atribuídas a quatro vinhos do Tejo e a um do Alentejo e um do Douro.

Estas medalhas reforçam a qualidade e consistência que o grupo Enoport United Wines tem habituado os seus consumidores.

Três vinhos da SIVIPA foram premiados com ouro e prata no prestigiado certame Vinalies Internationales que decorreu de 1 a 5 de março de 2014, em Paris.



Realizado há 17 anos pela Union des Œnologues de France, o concurso destaca-se pelo rigor nas provas cegas. Esta edição reuniu cerca de 3.500 vinhos de todo o mundo, entre os quais os vinhos da SIVIPA – Sociedade Vinícola de Palmela.

A medalha de Ouro para o Ameias Syrah 2013, um tinto regional Terras do Sado repete o feito de 2010, no mesmo certame. E vem confirmar o palmarés de prémios e menções que este monocasta Syrah tem recebido em colheitas anteriores em certames como o International Wine Challenge em Londres e o Concurso de Vinhos Engarrafados da CVRPS Península de Setúbal. Também o Personalizado, um, Tinto DOC Palmela, da casta castelão (Periquita) se destacou com prata.

Por fim mais uma colheita do Moscatel Roxo SIVIPA, agora de 2010, que promete dar continuidade ao sucesso de um moscatel raro que na colheita anterior se destacou com outro entre os melhores no concurso Muscats du Monde.

7.4.14

Vodafone Portugal ganha prémio europeu.



A Vodafone Portugal recebeu hoje em Estocolmo, na Suécia, o prémio para a melhor rede de fibra óptica da Europa.

Mário Vaz, presidente da Vodafone Portugal, recebeu hoje em Estocolmo o prémio para a melhor rede de fibra óptica da Europa, atribuído pelo conselho europeu do Fibre To The Home. A Vodafone vai investir 500 milhões de euros em Portugal nos próximos dois anos.

Mário Vaz anunciou em Estocolmo, na cerimónia de atribuição do prémio, que a Vodafone está empenhada em desenvolver o negócio em Portugal, onde vai investir nos próximos dois anos, cerca de 500 milhões de euros, dos quais 200 milhões em rede de fibra óptica. O objetivo é duplicar o número de casas com fibra óptica em Portugal dos atuais 750 milhões para 1,5 milhões em meados de 2015.

Ao investimento de 200 milhões de euros em fibra óptica, a iniciar em abril de 2014, junta-se o investimento de 100 milhões de euros feito no último ano, explicou Mário Vaz.

O prémio atribuído pela Fibre To The Home (FTTH) à Vodafone Portugal é partilhado também pela Vodafone Espanha, Vodafone Itália e a Vodafone Portugal. Mário Vaz foi escolhido pela Vodafone para o receber porque Portugal é dos três, o país que está mais avançado no investimento em fibra óptica. O prémio, atribuído pela primeira vez à Vodafone, reconhece o investimento na infra-estrutura e o comprometimento da empresa com o projeto da fibra óptica. Esta é a décima primeira edição do congresso da FTTH.

"Estamos comprometidos em dar o melhor aos nossos clientes e queremos ter a certeza que eles têm escolha apesar dos desafios e dificuldades criadas pelos competidores monopolistas", disse Mário Vaz, na cerimónia de entrega.

Expresso/Economia

Arquivo - Archive

Followers