18.11.13

Embaixador de Portugal no Canadá recomenda  cuidados com propostas de trabalho


Otava, 16 nov (Lusa) - O embaixador de Portugal no Canadá, Fernando Moreira da Cunha, alerta os portugueses que queiram emigrar para o país para que "sejam cuidadosos com as propostas que lhes são efetuadas".
Em entrevista à agência Lusa, o diplomata, em Otava desde 14 de março, salientou que "são frequentes as notícias sobre a necessidade do Canadá acolher estrangeiros em vários setores, de forma a poder sustentar o crescimento económico", mas "nem sempre há coincidência com o que se diz oficialmente, a nível federal ou provincial".

"Retenho a sensibilidade política do assunto para este país e o rigor no controlo de imigração, incluindo à entrada nas suas fronteiras. É verdade que alguns portugueses podem ser aliciados por ofertas de emprego" que depois não se cumprem, afirmou.

Por isso, Fernando Moreira da Cunha deixa o conselho "para que sejam cuidadosos com as propostas, incluindo em relação a eventuais mediadores, e que cumpram os requisitos na obtenção do visto de trabalho ainda em Portugal".

O embaixador informa que toda a informação está disponível no sítio da internet do Governo canadiano (http://www.cic.gc.ca/english/index-can.asp) mas, em caso de dúvida, os candidatos "devem contactar imediatamente a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas".

"As ofertas de trabalho são pontuais, destinadas a setores económicos específicos e perfeitamente identificadas", naquela que é uma "responsabilidade exclusiva das autoridades canadianas". O papel da
embaixada "é de ajudar os portugueses, quando necessário, na obtenção dessa informação", referiu.

Como solução alternativa, o diploma recomenda que os candidatos procurem ofertas de emprego fora dos grandes centros urbanos, onde já existe muita procura.

O Canadá "é um país com uma dimensão territorial imensa e um elevado padrão de vida", onde "é possível encontrar lugares fantásticos para se trabalhar, além de Toronto, Montreal e Vancouver".

Por outro lado, a comunidade portuguesa também pode "constituir um grande apoio aos novos portugueses que cheguem ao Canadá", salientou.

No final de outubro, o Canadá anunciou que vai permitir em 2014 entre 240 a 265 mil autorizações de residência permanente, numa estratégia para impulsionar o "crescimento económico do país", anunciou o Governo.

O embaixador português Fernando Moreira da Cunha nasceu no Porto em 1951. É licenciado em história pela Universidade do Porto e doutorado em Ciência Política pela Universidade de Belgrano de Buenos Aires (Argentina).

Na sua carreira diplomática, foi embaixador no Irão e Argélia, tendo também sido cônsul-geral em Caracas (Venezuela) onde publicou um livro intitulado "Viagem à Venezuela", obra que aborda a presença da comunidade portuguesa naquele país.

Lusa/Fim

No comments:

Post a Comment

Arquivo - Archive

Followers