28.12.11

FADO WORLD HERITAGE (UNESCO)

GUIMARÃES - CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA 2012


Em 2012 Guimarães acolhe um grande encontro de criadores e criações — música, cinema, fotografia, artes plásticas, arquitectura, literatura, pensamento, teatro, dança, artes de rua. Em Guimarães vão cruzar-se os produtos artísticos imaginados e gerados pelos seus residentes com os que de toda a Europa afluirão à cidade. Ao longo de um ano, a cidade será promotora da diversidade cultural que caracteriza a Europa, dando a conhecer as suas manifestações culturais e acolhendo as de outros países.


Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura é um projecto catalisador do desenvolvimento da cidade e da região envolvente, que tem a cultura, na sua mais ampla acepção, como motor dessa transformação. Visa aumentar a qualidade de vida, contribuindo para a regeneração urbana, social e económica da cidade, promovendo transversalmente o acesso à cultura e valorizando o território e o património colectivo. A vertente material do projecto, que se concretiza num vasto e ambicioso programa de regeneração urbana, já em curso sob a responsabilidade da Câmara Municipal de Guimarães, complementa o desígnio de valorização do capital simbólico da cidade e das suas gentes, o qual preside à programação da Capital Europeia da Cultura.

Programação

English Version

20.12.11

ESCOLA LUIS DE CAMÕES

video

Festa de Natal de 2011
Grupo Infantil de Folclore de Otava-Gatineau «Raízes de Portugal»


Embaixador Pedro Moitinho de Almeida e Diretora da Escola Luís de Camões, Fátima Sousa

FADO PATRIMÓNIO MUNDIAL

A NOSSA CANÇÃO ESTÁ DE PARABÉNS!


O FADO foi declarado pela UNESCO Património Cultural Imaterial da Humanidade!

O FADO é a primeira expressão artística a ser declarada Património Imaterial da Humanidade em Portugal.

A Câmara Municipal de Lisboa através da EGEAC/MUSEU DO FADO levou a cabo esta candidatura que envolveu a comunidade artística do FADO, congregou instituições e reuniu o consenso de todos os partidos políticos. A Candidatura do FADO tornou-se uma causa nacional e a inclusão do FADO na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial é uma vitória de Portugal.

O Plano de Salvaguarda já em curso permitirá preservar e salvaguardar as memórias da canção urbana de Lisboa, através da criação de uma Rede Integrada de Arquivos, de um Arquivo Digital de Fonogramas de Fado, de um Programa Educativo muito abrangente, de um vasto plano de edições (edição de fontes históricas, poéticas, críticas e musicais) e da criação de Roteiros de Fado.

Orgulhe-se, o Fado é Património da Humanidade!

Fonte: http://www.museudofado.pt
Data: 28 de Novembro de 2011

Conferência «Falas da Terra no Séc.XXI. What do we see Green»

Teve lugar a 1 de Junho de 2011, em Lisboa, na Fundação Calouste-Gulbenkian, a Conferência «Falas da Terra no Séc.XXI. What do we see Green». Este encontro remete para um mundo progressivamente globalizado, também nas suas representações literárias, e para os grandes temas ambientais da actualidade, tais como as alterações climáticas, a perda de biodiversidade ou a crescente urbanização do Planeta. Aborda o papel da imaginação ambiental na construção dos textos literários e a potencial função destes enquanto catalisadores de uma nova consciência ambiental.

Participantes recorreram ao ecocriticismo - uma prática disciplinar que estabelece pontes entre a literatura e o ambiente, buscando exemplos na criação universal, desde a tradicional oral à ficção científica. Neste contexto, leitores/autores ligados às artes, às ciências e às humanidades analisam obras literárias de alguns dos mais prestigiados escritores portugueses do século XXI: Álvaro Magalhães, Gonçalo M. Tavares, Joana Bértholo, Rui Cardoso Martins, Mário de Carvalho, e Valter Hugo Mãe.

Está disponivel na página do IC um conjunto de 13 videos referentes às participações naquela conferência.

Cooperação Instituto Camões/Fundação Calouste Gulbenkian

19.12.11

PROJETO «PORTUGUESE JOE»

Uma mensagem do Cônsul Geral de Portugal em Vancouver:

«Para quem conhece Vancouver e os seus arredores sabe bem que não existe nenhum vestígio físico a recordar a chegada dos primeiros Portugueses à costa ocidental do Canadá, há cerca de 150 anos, nem da contribuição que, desde então, deram para o desenvolvimento da região. Ficaram apenas alguns nomes que os pioneiros atribuíram no século XIX a alguns locais, tais como o Madeira Park, Silva Bay e pouco mais.

Chegou a altura de dotar a cidade de Vancouver com um monumento a homenagear esses pioneiros portugueses e todos os que vieram depois. Assim, com este objectivo, foi formada uma pequena comissão para que seja erigido um monumento a um dos primeiros portugueses a chegar a esta cidade, por volta de 1860, o qual, eventualmente, terá tido o maior impacto, tendo deixado um legado considerável; ao homem que ficou conhecido como Portuguese Joe Silvey (José Silva). Este nosso compatriota, nascido na Ilha do Pico, casou por duas vezes, com mulheres das Primeiras Nações, tendo ficado viúvo da primeira, a neta do importante Chefe Capilano. Destes dois casamentos nasceram onze filhos, cujos descendentes ascendem actualmente a mais de umas centenas. A comissão responsável por este projecto é composta por alguns descendentes deste português, pela historiadora e autora do livro “The Remarkable Adventures of Portuguese Joe Silvey”, a Professora Doutora Jean Barman, por outras individualidades ligadas à cultura, quer das Primeiras Nações quer da cidade de Vancouver, assim como representantes da Comunidade Portuguesa e por mim.

Como se poderá constatar no panfleto, o projecto visa não só a realização de um monumento, mas ainda a celebração da união de duas culturas, nomeadamente a Portuguesa e a do Povo Coastal-Salish. Faz ainda parte do projecto o filmar de um documentário retratando a história do Portuguese Joe e do projecto em si, bem como de um evento cultural que irá reunir manifestações representativas das duas culturas.

Está prevista a inauguração do monumento durante o mês de Junho para coincidir com as celebrações do Dia de Portugal, nomeadamente no âmbito do já tradicional “Portuguese Heritage Month”, decretado pelo Attorney General da província da Colúmbia Britânica e pelo Presidente da Câmara da Cidade de Vancouver.

O facto do artista plástico incumbido de realizar a obra ser descendente do Portuguese Joe atribui um significado acrescido, tanto ao monumento como a todo o projecto. A fim de se realizar este ambicioso projecto será necessário recorrer ao apoio das várias Comunidades, pelo que estou confiante que a Comunidade Portuguesa o irá apadrinhar generosamente. Todos os interessados poderão contribuir seguindo as indicações constantes no panfleto sobre o projecto. Esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos através dos endereços electrónicos indicados no panfleto

Carlos de Sousa Amaro
Cônsul-Geral de Portugal em Vancouver

16.12.11

NOVO MEMBRO DO ESPAÇO SCHENGEN

A partir de 19 de Dezembro 2011, o Espaço Schengen passará a contar com um novo membro, o Liechtenstein. Para mais informações consulte o comunicado de imprensa emitido pelo Conselho da UE.

VIAGEM DE MENORES AO ESTRANGEIRO


Os Serviços Consulares do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Canadá alertam para a importância de menores, em viagem para o estrangeiro, desacompanhados ou na companhia de uma terceira pessoa (amigo ou familiar) ou acompanhados por apenas um dos seus progenitores, possuirem a necessária declaração de autorização de saída. Para apoio dos país ou tutores legais, aqueles Serviços disponibilizaram online um formulário interativo, orientando os interessados na redação da referida declaração. Este documento é um importante meio na prevenção de saída ilegal de menores para o exterior.

Para mais informações visite http://www.voyage.gc.ca/preparation_information/consent-letter_lettre-consentement-eng

Consent letter for children travelling abroad


The Consular Services of the Department of Foreign Affairs of Canada strongly recommend that children travelling abroad carry a consent letter proving they have permission to travel from every person with the legal right to make major decisions on their behalf, if that person is not accompanying the children on the trip. For example, children travelling alone, with groups or with only one custodial parent should travel with a consent letter.For your convenience, DFAIT now offers an interactive form that you can complete in order to generate a consent letter that fits your specific needs and situation The purpose of a consent letter is to facilitate the travel of Canadian children while preventing their wrongful removal to foreign countries.

For more information got to  http://www.voyage.gc.ca/preparation_information/consent-letter_lettre-consentement-eng


MENSAGEM DE NATAL 2011


O Embaixador de Portugal em Otava, Dr Pedro Moitinho de Almeida, deseja Boas Festas e Próspero Ano Novo a todos os portugueses e luso-descendentes no Canadá.






Mensagem de Natal
(S. Exª Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas)
Mensagem de Natal/ Mensagem de Natal (audio)
(Embaixador Pedro Moitinho de Almeida)

12.12.11

ESTRADAS PORTUGUESAS - COBRANÇA DE PORTAGENS ELETRÓNICAS - MATRICULAS ESTRANGEIRAS

A cobrança de portagens electrónicas passou a incluir, desde 8 de Dezembro de 2011, quatro novos troços de auto-estradas: A22 (Algarve); A23 (Beira Interior); A24 (Interior Norte) e A25 (Beira Litoral e Beira Alta).

Para mais informações consulte www.estradas.pt/portagensfaq ou contacte duvidas.novasportagens@estradas.pt

Since December 8th 2011, the use of electronic toll payment is in force in four new locations: A22 (Algarve); A23 (Beira Interior); A24 (Interior Norte) e A25 (Beira Litoral e Beira Alta). Owners of foreign registered vehicles should visit the following webpage, available in English, French and Spanish:  http://www.estradas.pt/portagensestrangeiros


Tome atenção ao seguinte sinal / Beware of the following sign:

 Marca a cobrança exclusiva de portagens electrónicas numa via de rodagem ou auto-estrada. It marks wich lanes or toll roads are exclusively electronic.

Arquivo - Archive

Followers